O Martírio (da 'Vida Antiga')

Eusébio, em sonho, teve previsão de sua morte; esta é a passagem do sofrimento para a paz, das lutas para o repouso eterno.

Santo Eusébio reuniu o clero do cenóbio que vivia com ele e predisse tudo o que haveria de acontecer com ele nos próximos dias. Narrou seu sonho e, com o rosto sorridente, se pôs a confortá-los, porque, a exemplo do Salvador, ele morreria e rezaria por eles. Não deveriam, portanto, temer nada: ele haveria de morrer e eles sairiam ilesos.

Vários dias depois, um grupo de arianos enraivecidos cercou a casa de Eusébio. Eles sabiam que ele estava ali, entraram e o arrastaram para fora. Apedrejaram-no até a morte, espalhando seu sangue e seu cérebro no chão. Sua santa alma, livrando-se do corpo, voou logo para a glória que ele havia previsto.

Catedral de Vercelli
dedicada a Santo Eusebio
Os discípulos recolheram seu corpo e o sepultaram na basílica que o próprio santo homem havia edificado em honra de São Teonesto e assim, os dois corpos ficaram juntos.

Desde então Deus tem realizado vários milagres junto à sepultura de Santo Eusébio. Por bondade divina, na sua sepultura acontecem muitas curas: os cegos passam a ver, os surdos a ouvir, os mudos a falar, os mancos e paralíticos se levantam.

Glorioso Santo Eusébio, intercedei por nós!

Leia também